quinta-feira, 17 de julho de 2014

Unindo Atitudes

Projeto realizado pelo Instituto PAPAI envolve homens e mulheres beneficiários do Bolsa Família e discute desigualdade de gênero

Oficinas de estética, campeonato de futebol, rodas de diálogo e até um bingo. O que parece ser apenas um conjunto de ações de entretenimento e lazer, na verdade tem agregado o valor de inserir homens e mulheres em atividades que possam levar reflexão sobre algo muito presente no dia a dia de todos nós: a desigualdade de gênero. Com o objetivo de promover a adoção de atitudes que diminuam essas desigualdades, o Instituto PAPAI realiza, com o apoio da ONU Mulheres, o projeto Unindo Atitudes. A ação que marca o início do projeto é o Bingo da Igualdade no próximo domingo, 20, no bairro de Brasilit, Zona Oeste do Recife, quando também serão feitas as inscrições de homens e mulheres das adjacências, interessados em participar de outras ações do projeto e que sejam beneficiários do Programa Bolsa Família.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Unindo Atitudes: mulheres e homens juntos pela igualdade

 Com o objetivo de promover a adoção de atitudes que diminuam as desigualdades de gênero, o Instituto PAPAI realiza, com o apoio da ONU Mulheres, o projeto Unindo Atitudes. A primeira ação do projeto será o Bingo da Igualdade no próximo domingo, 20, no bairro de Brasilit, Zona Oeste do Recife, quando também serão feitas as inscrições de homens e mulheres das adjacências, interessados em participar de outras ações do projeto e que sejam beneficiários do Programa Bolsa Família.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Pai não é visita! Pelo direito de ser acompanhante. Participe da campanha.


Presenciar o parto pode ser uma experiência transformadora para o pai do/a bebê que nascerá. Desde que seja desejo da parturiente, a presença do pai durante todo o trabalho de parto é garantida pela Lei do Acompanhante (11.108/2005) que dá à gestante o direito a ter um/a acompanhante de sua livre escolha durante o pré-parto, parto e pós-parto imediato. Infelizmente, ainda são muito frequentes casos de descumprimentos dessa lei e, muitas vezes, é o pai do/a bebê que é impedido de acompanhar o parto.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Ação da Campanha Quem Não Cala, Não Consente na Fan Fest Recife


Jovens mobilizadores reforçaram a importância dos homens serem contra a exploração sexual contra crianças e adolescentes
  
Equipe do Instituto PAPAI e Gema-UFPE durante a ação
No último dia 17 de junho as milhares de pessoas reunidas na Fifa Fan Fest Recife tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre a Campanha Quem Não Cala, Não Consente, promovida pelo Instituto PAPAI, com apoio do Núcleo de Pesquisa em Gênero e Masculinidades - Gema-UFPE e com o financiamento da Fundação ChildHood - pela Proteção da Infância.