quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Instituto PAPAI promove Festival pelo fim da violência contra a mulher

A Campanha Brasileira do Laço Branco: Homens pelo fim da violência contra a mulher, realizada pelo Instituto PAPAI e o Núcleo Feminista de Pesquisa em Gênero e Masculinidades – GEMA/UFPE, neste ano de 2016 promoverá o I Festival Laço Branco: Homens pelo fim da violência contra a mulher, que vislumbra utilizar o cinema como dispositivo de mobilização dos homens pelo fim da violência contra a mulher.

Com o interesse em dar visibilidade à produção audiovisual independente, o Festival está com chamada pública aberta para inscrições de filmes com duração de até 30 minutos e que versem sobre o tema da violência contra a mulher. Podem ser inscritos documentário, ficção, animação, drama e filmes experimentais, que serão avaliados por uma comissão formada por membros do Instituto PAPAI e GEMA/UFPE.

O intuito do Festival é promover o diálogo com homens e mulheres sobre a violência contra a mulher e, sobretudo, buscar meios para que os homens se engajem no enfretamento desse tipo de violência”, afirmou Wagner Montenegro, educador do Instituto PAPAI e um dos organizadores do evento.

Para Sirley Vieira, coordenador do Instituto PAPAI, “a Campanha do Laço Branco tem um grande objetivo de falar diretamente com os homens que não cometem violência para que eles possam conversar com outros homens e, juntos, buscar possibilidades para dar fim à violência contra a mulher”.

O evento irá acontecer no dia 10 de dezembro na praça da Várzea e também contará com oficinas de Grafitti, Rodas de Diálogo, Oficina de Malabarismo para crianças, apresentações de maracatu, além da exibição dos curtas, seguida de diálogo sobre os filmes.


Para inscrever um filme no festival, leia atentamente o regulamento abaixo e preencha o formulário de inscrição disponível (https://goo.gl/forms/eqa6HH3FrzUX03oX2). As inscrições dos filmes deverão ser realizadas até 30 de novembro.


CONVOCATÓRIA
FESTIVAL LAÇO BRANCO – HOMENS PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER
10 de Dezembro de 2016
Várzea – Recife – Pernambuco - Brasil
O I FESTIVAL LAÇO BRANCO – HOMENS PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER é exclusivamente dedicado à exibição e à promoção de obras audiovisuais de curta-metragem que tenham como tema principal as narrativas pelo fim da violência contra a mulher. Com o objetivo de promover a exibição, a distribuição e a produção da obra audiovisual de curta-metragem, o Festival não tem caráter competitivo e exibirá trabalhos finalizados em suportes digitais com duração máxima de 30 minutos. O Festival Laço branco é uma iniciativa do Instituto PAPAI, em parceria com o Grupo de Estudos em Gênero e Masculinidades (GEMA)/UFPE , com a intenção  de sensibilizar, envolver e mobilizar os homens em ações pelo fim de todas as formas de violência contra a mulher, em consonância com as ações dos movimentos de mulheres, feministas e de outros movimentos organizados em prol da equidade de gênero e justiça social. Como parte integrante da Campanha Brasileira do Laço Branco 2016, o Festival também promoverá palestras, rodas de diálogos, ações educativas com crianças e adolescentes e exibição de curtas na Praça da Várzea, Recife-PE.
A data limite para as inscrições de filmes para o I FESTIVAL LAÇO BRANCO – HOMENS PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER é dia: 30/11/2016

Objetivos
O objetivo do Festival é promover reflexões sobre a violência contra a mulher e dar visibilidade à produção audiovisual independente que problematiza questões sobre o machismo, além de buscar envolver os homens em ações pelo fim de todas as formas de violência.
Organização
O Festival é organizado pelo Instituto PAPAI e GEMA/UFPE 
Tipo de Festival
Informativo.
 Regulamento

a.
 As inscrições para o I FESTIVAL LAÇO BRANCO – HOMENS PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER estão abertas até o dia 30/11/2016.
b. Os filmes devem ser inscritos para a avaliação através do preenchimento completo do formulário eletrônico (https://goo.gl/forms/eqa6HH3FrzUX03oX2).
c. Os filmes deverão ter até 30 minutos de duração.
d. Os filmes inscritos para a seleção devem assegurar que possuem os direitos de exibição de imagens e de execução de trilha sonora contida na obra, para fins de exibição em festival e exibições públicas sem fins lucrativos, e isentam a organização do I FESTIVAL LAÇO BRANCO – HOMENS PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER de pagamentos de direitos conexos em sua exibição.
e. Serão selecionados até 05 (cinco) curtas.
f. A lista de filmes selecionados será divulgada até o dia 03 de dezembro de 2016.
g. Demais materiais promocionais, tais como posters e flyers para divulgação, deverão chegar à organização do Festival até o dia 05 de dezembro de 2016.
h. Os filmes selecionados deverão enviar até o dia 08 de dezembro uma declaração, em modelo a ser encaminhado pela organização, comprovando que possuem o direito de exibição de imagem e execução da trilha sonora para sua exibição no festival.
i. Os filmes serão avaliados por uma comissão formada por integrantes do Instituto PAPAI e do GEMA/UFPE

A inscrição de um filme no Festival implica na plena aceitação deste regulamento.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Editais de seleção - Projeto Tecendo Redes

Instituto Papai lança editais de seleção de profissionais para atuar no Projeto Tecendo Redes: Promovendo a articulação de ações de vigilância, prevenção e controle das DST, HIV/Aids e hepatites virais do Nordeste Setentrional.

Para acessá-los, clique abaixo:

Coordenação de Projetos

Auxiliar Administrativo

Assistente de Projetos



quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Dá Licença, Eu Sou Pai - II Seminário Nacional Paternidade e Primeira Infância: desafios e possibilidades no contexto da ampliação da licença paternidade


Com foco nas redes sociais, campanha comemora avanços, mas também fomenta a discussão sobre ampliação da Licença Paternidade

Argumentos e vivências, pontos de vista de diferentes pessoas sobre  a licença paternidade através de uma campanha nas redes sociais com vídeos e utilização da hastag #dalicencaeusoupai, estas são algumas das ações previstas pelo Instituto Papai e o Núcleo de Gênero e Masculinidades da UFPE – Gema para suscitar o debate sobre a importância do cuidado dos pais em relação aos filhos passando pela questão do tempo da licença paternidade. Este ano, além desse foco de divulgação nas redes sociais, o Papai e o Gema realizam, com a Rede Nacional Pela Primeira Infância,  nos dias 30 e 31 de agosto,  o II Seminário Nacional Paternidade e Primeira Infância: desafios e possibilidades no contexto da ampliação da licença paternidade na UFPE.


#dalicencaeusoupai